Prensente da Angel...

Descobrir um prato novo contribui mais para a felicidade humana do que o descobrimento de uma nova estrela. (Anthelme Svarin)

domingo, 4 de outubro de 2009

Gnocchi com cereveja preta...

Caaalma!! O Gnocchi não é feito de cerveja preta!! É de batata, mesmo!!


Hoje, particularmente, ele foi consumido com a cerveja Stout da Baden-Baden, que é uma delícia (praticamente café em forma de cerveja!!)... e o que mais impressiona é que, justo eu, que amo vinhos, ainda mais com massas, tenha trocado por uma cerveja!! Ainda mais no nosso primeiro gnocchi feito em casa!! Uia!!!


O raviolle que virou gnocchi... A ideia inicial era fazer raviolle com diversos recheios... porém depois de passar em frente à barraca de batata na feira surgiu a brilhante ideia... "Por que não fazemos um gnocchi para o almoço?"


Em segundos a ideia foi aceita, ai zicogumelus vira para gabicaxi e pergunta "Por acaso vc sabe fazer gnocchi?"...


resposta... "Não... mas procuramos no google... ou nos blogs de comida" (éééé, não somos original!! esse não é o primeiro blog sobre o assunto! hahahah)


Zicogumelus sugere comprarmos um espremedor de batatas... e la vamos nos felizes e saltitantes preparar o gnocchi...


Gabicaxi pesquisa no google o nos trezentos e quatro livros de culinaria uma receita de gnocchi de batata e zicogumelus começa a cortar cebola... tomate... batata...

A melhor receita foi... 1 kg de batata... 200 gr de farinha... 1 ovo... sal... noz moscada... (adaptada, pois cada lugar fazia uma proporção! Usamos a quantidade de farinha que aparentemente não ia pesar o gnocchi! E acertamos!! Eba!!)

Beleza... cozinha a batata e manda ver no espremedor... nesse meio tempo o que acontece? Zicogumelus consegue quebrar a porr@ do espremedor de batata... e ainda corta o dedo com a porr@ do espremedor... mas beleza... isso sim é dar sangue na cozinha...

Faltou falar do molho... e diga-se de passagem... que molho de tomate... 3 cebolas... azeite e sal, chilli e pimenta do reino para dar uma refogadas... uns 2 pedaços de cenoura, que segundo a gabicaxi eh para tirar a acidez... uma pitada de vinho... as peles do tomate em pedacos. Bater no liquidificador o miolo do tomate e adicionar ao molho... Deixa curtir em fogo medio... e pronto...


O gnocchi é muito facil, depois de amassar as batatas, mistura o ovo, sal, noz moscada e a farinha e com as maos prepara a massa... homogenea... estica a massa parecendo uma cobra... e cortar em pedaços mais ou menos iguais...

Separar em uma assadeira... povilhando com a farinha de trigo...

Deixar a agua fervendo com azeite e sal... e uma folha de louro....

Adicionar os gnocchis aos poucos... e em instantes eles começam a subir a superficie da agua fervendo... esse é o ponto de tirá-lo... Separá-los em uma tigela... Colocar o molho... queijo parmesão por cima... e levar ao forno para gratiná-lo...

Para acompanhamento... uma deliciosa linguiça no forno com tempero italiano, cerveja xingu, pimenta do reino... Quase uma hora de forno para ficar pronto... mas fica sensacional...




Resultado final desse menu, cuidado para não babarem na tecla de espaço...







E adivinha qual foi o jantar... hehehehe....

Gabi e Zico!

4 comentários:

Nádia Mara disse...

Estou com água na boca.
kkkkkkkkkk

E essa cerveja preta?

Adoro cerveja preta, é docinha, né?

Beijos babados

hehehehe

Aninha Leme disse...

hauahuahuahuahauahuahuahu
GULLLLLLLLLLLLLLP
eu prefiro minha parte em lasanha de espinafre! nhammmmmmmmmmmmmmmm
cadê cadê????
queremos receitassssssssssssssss

o gnocchi é bão, eihn? adoroooooooooooooooooooooooooooo
mas a linguiça eu daria pra baby comer!
kkkkk

besosssssssss

Blog do Óbvio disse...

Gabi&Zico, muito legal a receita. Gostei do modo como fizeram. Ficou bastante didático e prático. Teve até acidente de trabalho numa boa. Com toda essa descontração acho que podemos dizer que encontramos uma nova maneira(não chata, ou seja, agradável) de se dar uma receita e mostrar como se prepara, nas condições conforme nossa realidade. Isto é, "sem frescuras" de chef de cozinha. Valeu. Parabéns pela didática. (Por que não pensar em fazer um livro de receitas descontraido com todos os tipos de comida para o público "self"?) Beijos de babão na tecla space, hehehe. Manoel.

Mel disse...

Aiiiiiiii que delícia!!!!!!!!!!!!!!!!
meu, meu, meu...

que fome...